quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Resenha - Kelly Creagh - Enshadowed: O Pesadelo das Sombras ( Nevermore - Livro 02 )

Enshadowed: O Pesadelo das Sombras 
( Nevermore - Livro 02 ) 
Kelly Creagh
Editora Pandorga

Sinopse


Varen Nethers está preso num perigoso mundo dos sonhos: um reino traiçoeiro e desolado onde as histórias aterrorizantes de Edgar Allan Poe ganham vida. Isobel Lanley, atormentada por visões estranhas e perseguida por pesadelos criados por Varen, é a única que pode salvá-lo.
Isobel sabe que sua única esperança reside num cemitério em Baltimore, Maryland. Lá, no início da madrugada do aniversário de Edgar Allan Poe, um estranho misterioso conhecido como “Admirador de Poe”, fará sua homenagem anual no túmulo do lendário poeta.
Apenas o Admirador detém a chave para a passagem entre os mundos. Porém, grandes perigos aguardam Isobel. Um antigo mal, envolto em véus de tecido branco, está à espreita, desa ando-a em busca do afeto de Varen. Quando Isobel nalmente o encontra, ele não é mais o garoto quieto e pensativo que um dia a cativou, mas uma força sombria, poderosa e malevolente.
Poderia o grande amor de Isobel também ser seu maior adversário?


Resenha


Depois do final tenso de Nevermore eu não esperava a hora de poder começar Enshadowed para continuar esta sombria estória de amor.

Varren conseguiu conquistar não só o coração de Isobel, mas também levou o meu. Me envolvi muito nessa estória e confesso que a parte sombria me deixou com um certo "medinho", quando lia sozinha em casa.

O livro inicia justamente de onde parou o anterior, Isobel tentando convencer seus pais de que precisa ir a Baltimore com a desculpa de se candidatar a uma vaga na universidade, só que na verdade ela quer ir ao túmulo de Poe na madrugada de seu aniversário para tentar encontrar o admirador de Poe, pois essa será a única chance de tentar para o mundo onde Varren foi capturado. Contando com a ajuda de sua amiga Gwen que presenciou o acontecido na festa de Hallowen, as duas irão tentar descobrir o que aconteceu com Varren e tentar trazê-lo de volta ao mundo real.

Isobel continuará sendo perseguida pelas forças sombrias em seus pesadelos e também acordada que tentarão de tudo para impedir que ela consiga encontrar e viver com seu grande amor.


Minhas Impressões

Tão maravilhoso quanto o anterior, a cada página virada eu queria acabar logo e saber de tudo, mas também não queria que acabasse devido a leitura estar tão gostosa, então tentei saborear ao máximo a leitura e quando acabou bateu aquele desespero para esperar o desfecho da trilogia, pois como o primeiro livro acabou tensíssimo. E o desespero bateu ao descobrir que ainda não foi nem lançado nos EUA. Só me resta agora aguardar ansiosamente a continuação.

O primeiro livro parecia uma obra prima de tão lindo e ótima qualidade, infelizmente isso não se repetiu no segundo livro, a qualidade e a beleza caíram um pouco, nesse não temos as bordas das folhas negras como no primeiro, o que dá um ar mais sombrio ao livro, bem condizente com a trama.

Não tenho nem mais palavras para expressar o quanto eu amei esse livro... recomendo para todos que gostem de romance e de um clima sombrio.

Classificação







terça-feira, 25 de novembro de 2014

Lançamentos de Novembro/2014 Grupo Editorial Pensamento



Olá!
Voltando para mais uma vez apresentar os lançamentos de Novembro do Grupo Editorial Pensamento e seus selos: Jangada, Cultrix e Seoman.
Confira!
MESSIAS – o primeiro julgamento
Wendy Alec
Editora Jangada
Sinopse: Combinando a interpretação bíblica com a pesquisa histórica e uma narrativa cinematográfica, este livro descreve de maneira sublime a arrepiante conspiração de Lúcifer e a jornada de Jesus entre os homens, numa batalha sangrenta e selvagem em que os vastos exércitos reais do primeiro céu combatem as hordas de decaídos do inferno.
O Buda e o Executivo 
Franz Metcalf e BJ Gallagher
Editora Cultrix
Sinopse: Num mundo em que as pessoas estão estressadas, trabalham demais e se deixam distrair constantemente por telas de computador, O Buda e o Executivo é um toque de despertar para aqueles que desejam aplicar a sabedoria do budismo à sua vida moderna. Escrito por um estudioso do budismo e uma especialista em ambientes de trabalho, o livro tem uma linguagem acessível, com uma postura aplicada e prática, que orienta o leitor diante dos problemas e dificuldades do cotidiano de trabalho. É como ter o próprio Buda como um de seus mentores ou tutores – alguém que pode ajudá-lo nos problemas do mundo real.
A cura pelo Yoga, 
Tara Stiles
Editora Pensamento
Sinopse: Por meio de uma simples sequência de posturas, adequadas tanto para iniciantes como para praticantes experientes, Tara Stiles apresenta tratamentos inteligentes que promovem a saúde e a felicidade. Usando a abordagem leve e divertida do yoga pela qual é conhecida, a autora apresenta soluções para doenças e incômodos comuns, desde artrite e fibromialgia até coxas flácidas e ressaca.

Almanaque do Pensamento 2015
Editora Pensamento
Sinopse: O Almanaque do Pensamento 2015 é o mais completo guia astrológico do Brasil. O livro traz as previsões astrológicas tanto para o Brasil quanto no campo pessoal, o horóscopo chinês e o horóscopo da árvore. Descubra seu ascendente, a influência de Marte nos signos, as previsões segundo a numerologia e muito mais. Esta edição inclui 14 cartilhas coloridas de fadas com mensagens para enriquecer sua vida e ampliar sua consciência.

Deus está contigo
Padre John Woolley
Editora Pensamento
Sinopse: Se você está em busca de um livro que o faça sentir-se mais perto de Deus, encontrou o que tanto procurava. Deus Está Contigo já transformou muitas vidas e ajudou milhares de pessoas a aprofundar sua comunhão com Deus. Suas palavras divinas de estímulo e orientação foram passadas ao reverendo John Woolley através do Espírito Santo, durante seus momentos de prece.

Paramhansa Yogananda
Swami Kriyananda
Editora Pensamento
Sinopse: Nesta biografia, o leitor sentirá o poder da divina consciência de Paramhansa Yogananda e o impacto que ele provocou no mundo, apresentados com clareza e amor por um de seus poucos discípulos diretos ainda vivos. Swami Kriyananda corrige brilhantemente vários equívocos sobre seu grande guru e expõe a multifacetada grandeza de Yogananda, trazendo inúmeras histórias novas da vida do Mestre, e inclui um relato de primeira mão dos últimos anos de Yogananda. Mais que uma biografia factual, este livro enfatiza os ensinamentos principais do grande guru.
Por que Olga não envelhece
Bruce Grierson
Editora Seoman
Sinopse: Olga Kotelko não era uma pessoa comum de 95 anos. Ela não apenas parecia e agia como uma mulher mais jovem, mas também detinha mais de 23 recordes mundiais em esportes de pista e campo, 17 na categoria de mulheres entre 90 e 95 anos. Neste livro, Bruce Grierson, dedica-se a desvendar os segredos por trás do notável sucesso de Olga e de seu envelhecimento com dignidade. Ele explora cada peça do quebra-cabeça, de sua dieta a seus padrões de sono e traços de sua personalidade, do que ela fazia em seu tempo livre e sua história familiar. Você vai descobrir tudo o que é preciso para manter a agilidade física, a mente afiada e viver bem até uma idade avançada.

Almanaque Geek
Garth Sundem
Editora Seoman
Sinopse: Geeks estão dominando o mundo desde o governo, passando por empresas de tecnologia, universidades, sites da internet... São eles que estão ditando as regras. A boa notícia é que com este livro todos poderão se juntar à nova geração de pessoas que antes eram consideradas estranhas e antissociais – nerds ou não, esta é a última chance de vocês se salvarem: amem este livro, respirem este livro e se juntem a nós na Revolução Geek para Dominação do Mundo! Aqui, você encontrará o necessário para alcançar o infinito, e além! : ciência, cultura pop, computação, curiosidades, desafios, kung fu, as Três Leis da Robótica de Isaac Asimov, as bases para detectar vida extraterrestre, princípios básicos de economia, Teoria dos Jogos para ganhar dinheiro, “Tolkienologia”, super heróis, cultura klingon de Jornada nas Estrelas e muito mais!
Então, meu jovem Padawan, vida longa e próspera, e que a Força esteja com você!

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Resenha - Samanta Holtz - Renascer de um Outono

Samanta Holtz - Renascer de um Outono
Editora Novo Século

Sinopse

A vida aos dezoito anos está muito diferente do que Anna Hills havia sonhado. Sozinha em uma cidade estranha, reprovada no vestibular e demitida do emprego, ela enfrenta a difícil batalha para superar o desânimo e ir em busca de um lugar no mundo que possa chamar de seu. Determinada a deixar os fracassos para trás, Anna descobre nos classificados a vaga para baby sitter de uma garotinha que vive com o tio. No entanto, ela não imagina que aquele pequeno anúncio de jornal se tornará o passaporte para as maiores emoções da sua vida, colocando-a face a face com mudanças, escolhas e com John, o rapaz que amava em segredo desde a infância, em um encontro que os levará a desvendar o verdadeiro sentido do amor, da vida e da importância de fazer cada instante vivido valer a pena. Em uma tortuosa e apaixonante jornada, Anna descobrirá a força de uma grande amizade, a dificuldade de se conquistar o coração de uma criança e, acima de tudo, o poder transformador do amor, naquele que será o melhor e o pior outono da sua vida.

Resenha

Devido uma grande perda na vida de Anna, ele resolve ir morar sozinha em outra cidade, perto da faculdade que gostaria de estudar para tentar um vestibular, lá ela arruma um emprego de garçonete e consegue alugar um a apartamento mobiliado por preço bem bacana e assim o tempo passa e Anna não consegue ir para universidade que tanto queria.
"A partir do momento que entendemos que aquilo que nos prende é, na verdade, apenas um conjunto de sombras e ilusões, a corrente se solta. Simplesmente por não ter onde se prender."
O destino resolve dar um empurrãozinho para que Anna consiga encontrar a felicidade, para isso Anna foi demitida e ficou meio que sem rumo. Procurando nos classificados Anna consegue encontrar uma vaga de babá e decide se candidatar, eis que então tudo vai mudar em sua vida.
"Se olhar em volta e não encontrar nenhuma luz que o guie, basta fechar os olhos: a luz estará dentro de você." 
Anna tem um amor platônico desde muito nova que não conseguiu esquecer, e esse novo emprego, em uma outra cidade de alguma forma irá fazer com que os dois se reencontrem e só resta a nós torcemos para que tudo dê certo e que Anna finalmente consiga viver esse amor.
"Mas não escolhemos o rumo que nossa vida irá tomar. Só o que podemos fazer é entender, aceitar e mudar o ritmo da dança quando o destino muda a música."
Anna passará por muitas provações no novo emprego, irá encontrar uma garotinha fria e egoísta que não quer nenhum um pouco que ela e nem ninguém seja sua babá, então Anna terá que juntar toda sua força para conseguir manter o emprego e derreter o coração de gelo desta garotinha.
O patrão de Anna é um amor de pessoa, sempre muito atencioso com ela e com todos, não tem como não se encantar com Ricardo. Temos vários personagens para amar e claro não podíamos deixar de ter uma vilã, Cindy, é insuportável, tive vontade de dar umas bofetadas nela.
Queria falar muito mais sobre a trama mas não posso porque será spoiler, então vou parar por aqui.
Minhas Impressões
O livro é narrado em primeira pessoa pela protagonista Anna e manda uma linda mensagem de fé, fala em destino e coincidências, as voltas que a vida dá.
Samanta Holtz é uma das autoras que eu já compro o livro sem ao menos ler a sinopse porque eu sei que não vou me decepcionar, sua narrativa viciante e seu jeito em emocionar e envolver o leitor com suas personagens fortes e seus romances que nos fazem suspirar.
Com Renascer de um Outono não foi diferente, me peguei emocionada com a leitura várias vezes, inclusive no início da leitura. Esse livro eu não devorei como os outros, mas degustei levemente aproveitando cada momento, vibrando e sofrendo junto com a protagonista.
Para quem não sabe este livro foi o primeiro livro escrito pela autora, aos quatorze anos, porém somente agora ele foi publicado, Samanta atualizou o livro e citou por várias vezes um dos livros que amo, A culpa é das estrelas, que deu um toque especial a trama, quem ler vai entender.
Eu amei o livro, me encantou e me emocionou e eu recomendo muito a leitura a todos que gostam de romance e drama, não só esse como todos os livro da Samanta.

Classificação


sábado, 22 de novembro de 2014

Resenha: Amaldiçoadas - de Jéssica Spotswood

Oláááá meus queridos! 

Hoje irei resenhar um livro que eu estava muito ansiosa pra ler, já sabendo que ao encerrar, novamente ficarei louca pelo terceiro volume. >__<"
A demora para o lançamento da continuação de Enfeitiçadas foi longa, mas valeu a pena esperar cada minuto, pois ao receber da Editora Arqueiro o segundo volume: Amaldiçoadas  percebi que ele me marcaria por suas reviravoltas, segredos revelados e mais romance. Eu estava certa.

Amaldiçoadas

Jessica Spotswood
Editora Arqueiro

Sinopse: Cate Cahill tomou a decisão mais difícil de sua vida e resolveu largar tudo para proteger aqueles a quem amava, mas não poderia imaginar os obstáculos que ainda teria pela frente. 

Agora, vivendo disfarçada entre as outras moças da Irmandade, ela precisa se manter a salvo dos implacáveis caçadores de bruxas e lidar com grandes dilemas pessoais, como a distância de seu grande amor e os conflitos que envolvem suas irmãs Tess, uma menina doce e ingênua que guarda um grande segredo, e Maura, a jovem bela e ambiciosa que pretende fazer de tudo para se tornar o centro das atenções. 
Será que Cate está pronta para liderar as bruxas de sua geração e ganhar o respeito de uma sociedade que condena a feitiçaria? E seria ela a bruxa da profecia, a mulher mais poderosa já nascida em muitos séculos e capaz de revolucionar a história do mundo? 

Envolva-se ainda mais na história de Cate e de todas as mulheres fortes que a cercam e segure seu coração para torcer pelo amor de Cate e Finn neste volume que traz revelações imperdíveis antes da conclusão da saga das irmãs Cahill.

http://www.skoob.com.br/livro/376036ED424720


Cuidado! 
Esta resenha pode ter Spoillers do 1º volume Enfeitiçadas.

Resenha:

Como diz a atual expressão popular: "Estou passada!"
Sério, quando encerrei a leitura de Enfeitiçadas, primeiro volume da saga "As Crônicas das irmãs bruxas", fiquei tão ansiosa e desesperada pela continuação que quase pirei. A autora Jessica Spotswood soube nos prender de cara, logo no primeiro livro, com sua escrita deliciosa e inteligente, onde a linguagem segue os padrões atuais de fácil entendimento e bom humor, mesmo falando de uma época tão distante em pleno século XIX ela soube mesclar tudo sabiamente. A trama era bem bolada, tinha as armas certas pra prender o leitor: Magia, romance e bons vilões.  E agora posso afirmar que realmente estou "passada" após ler o segundo volume. Venha comigo.

Após a desagradável escolha de seguir a irmandade e abdicar de seu amor por Finn e os cuidados por suas irmãs Tess e Maura, Cate terá que viver o resto de seus dias distante daqueles que ela tanto ama para poupá-los das garras dos irmãos da fraternidade e assumir seu papel de Oráculo da profecia de Perséfone disfarçada de freira em um convento de bruxas. É verdade, todas as irmãs do convento são bruxas disfarçadas, com o propósito de dar o fim na caça às bruxas e principalmente das crueldades dos irmãos contra todas as mulheres. 

No entanto, nem assim ela consegue ter paz, distante das irmãs e diante do perigo se sentia ameaçada, pois trabalharia indiretamente para os irmãos. Cate começa a sentir o peso da responsabilidade em seus ombros, as novas regras dos irmãos são cada vez mais radicais e violentas, de forma que passa a atingir mais e mais as famílias pobres e principalmente as mulheres. Inocentes estão sofrendo com seus atos, a injustiça e crueldade é explícita deixando marcas que jamais serão esquecidas. Com isso Cate é mais cobrada por suas companheiras bruxas que querem atitude igualmente radicais, só que ela ainda não se sente preparada para tal ato.

Para tranquilizá-la, Cora - a responsável pela irmandade - acolhe Tess e Maura no convento, até mesmo com a esperança de que os poderes de Cate fossem se manifestar e provar a todos que ela de fato é a bruxa da profecia. Mas as coisas sai do controle, pois Maura está carregada de ressentimento por Cate e começa a boicotar e atrapalhar seus planos. Afinal, Maura deseja MUITO ser a bruxa profetisa e pisará em todos que cruzarem em seu caminho. 

Cate, quer fazer as coisas da forma certa, sem prejudicar ninguém, Maura quer destruir todos os inimigos mesmo que pra isso tenha que eliminar pessoas que ela tanto ama. Sua cegueira pelo poder não permite enxergar o quão destrutiva ela pode ser até pra si própria.

Segredos serão revelados, sangue será derramado, memórias serão apagadas...

Impressões:

Confesso que quando iniciei a leitura, demorei um pouco pra engrenar, para me sentir novamente envolvida na história, ao contrário do primeiro livro que fui de cabeça. Amaldiçoada se arrastou um pouco no inicio, entretanto foi por uma boa causa, a história estava tomando um rumo diferente, se fosse depressa demais talvez não teria saboreado o prato livro como o fiz, poderia ter perdido toda a essência e me perdido. O Grande espetáculo teve inicio com a chegada das irmãs e a participação de Finn. (pensou que ele estaria de fora? Bobinhos..rsrs)

Como disse, Maura estava ressentida com Cate por ela te-la "abandonado" e escolhido a irmandade, coisa que ela sonhava pra si, seu reaparecimento na trama veio pra esquentar mais as coisas. Maura sempre teve uma personalidade difícil de lidar, dessa vez ela estava impossível! Tramou contra Cate, juntou-se à bruxa má e deu olé pra galera. rsrs

Tess, está mais amadurecida e enigmática. Após confessar um segredo a Cate que mudará todo o rumo da história, passa a viver com menos cautela e sente que está na hora de agir. Trazendo em Cate mais preocupações e novas decisões.

No final de Amaldiçoadas Finn resolve entrar para a Fraternidade com o objetivo de proteger a sua amada Cate e sua família. Mesmo depois de ser abandonado por Cate, sentiu que algo ficou inacabado, sem explicação e precisa encontrá-la pra que tudo fosse esclarecido. Em Amaldiçoada isso acontece, Cate reluta, mas confessa o porque de seus atos e novas juras de amor são trocadas pelo jovem casal.  Ele então, também passa a fazer parte dos planos para acabar com as maldades dos irmãos. Odiava a crueldade e repelia as normas descabíveis deles, não podia ficar de fora, queria ajudar e assim o fez. 

As bruxas-mor irmã Cora e irmã Inez nos divide, fiquei sem saber o que de fato é certo e errado diante de toda a confusão criada pelos irmãos e irmãs, era explicita os limites da maldade humana, fiquei horrorizada. Quem de fato Cate deve ouvir? Acho que o caminho que ela escolheu foi o correto, mas algumas vezes cheguei a pensar que a outra opção seria a melhor. Percebo que, o que está por vir no terceiro volume será talvez ainda pior, é só sentar e esperar pra ver.

O irmão Ishida aparece menos nesse livro, mas nem assim deixa de ser menos cruel. A sua pouca aparição deixa rastros de sua maldade ao tomar algumas atitudes que prova o quanto ele é covarde e sem escrúpulos. 

Novas bruxas nos são apresentadas, umas você adora e se envolve com suas histórias, outras você repele e repreende. Dessa forma temos uma noção quais caminhos elas irão escolher e quem elas irão servir. Neste livro, sabemos que a irmandade será dividida entre os que buscam tomar atitudes certas e erradas, a pergunta é qual irá prevalecer? 
Mais uma vez temos um desfecho de arrepiar, no minimo espetacular e nos deixa uma premissa de que o próximo volume tudo vai tudo ruir. Uma grande guerra acontecerá e será inesquecível, terão muitas baixas, ora boas, ora ruins e ora imperdoáveis.

Jéssica Spotswood mais uma vez está de parabéns pela continuação bem equilibrada e receio que tenha abraçado uma historia que precisa urgentemente ter um fim digno e justo com seus personagens. Será uma difícil tarefa, mas que até então, a autora tem feito com maestria. A sabedoria e o bom senso andam de mãos dadas.

A Editora caprichou mais uma vez na publicação da obra. Capa 10, diagramação 10, edição e tradução 10, carinho com os leitores 1000! \o/

Indicadíssimo!
Boa leitura galera!!


quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Lançamentos Novembro: Novo Século e Talentos da Literatura Brasileira

Oiaaaaaaaaa!!!

Quero compartilhar com vocês os  sensacionais lançamentos da Editora Novo Século e o selo Talentos da Literatura Brasileira. Está bem recheada de ótimos livros, vamos conhecer?
Guerra Civil 
Adaptado dos quadrinhos de Mark Millar e Steve McNiven 
Stuart Moore
Sinopse: A épica história que provoca a separação do Universo Marvel! Homem de Ferro e Capitão América: dois membros essenciais para os Vingadores, a maior equipe de super-heróis do mundo. Quando uma trágica batalha deixa um buraco na cidade de Stamford, matando centenas de pessoas, o governo americano exige que todos os super-heróis revelem sua identidade e registrem seus poderes. Para Tony Stark o Homem de Ferro é um passo lamentável, porém necessário, o que o leva a apoiar a lei. Para o Capitão América, é uma intolerável agressão à liberdade cívica. Assim começa a Guerra Civil.


Anexos
Rainbow Rowell

Beth Fremont e Jennifer Scribner-Snyder sabem que alguém está monitorando seus e-mails de trabalho. (Todo mundo na redação sabe. É política da empresa.) Mas elas não conseguem levar isso tão a sério, e continuam trocando e-mails intermináveis e infinitamente hilariantes, discutindo cada aspecto de suas vidas. Enquanto isso, Lincoln O'Neill não consegue acreditar que este é agora o seu trabalho ler os e-mails de outras pessoas. Quando ele se candidatou para ser agente de segurança da internet, se imaginou construindo firewalls e desmascarando hackers e não escrevendo um relatório toda vez que uma mensagem esportiva vinha acompanhada de uma piada suja. Quando Lincoln se depara com as mensagens de Beth e Jennifer, ele sabe que deveria denunciá-las. Mas ele não consegue deixar de se divertir e se cativar por suas histórias. No momento em que Lincoln percebe que está se apaixonando por Beth, é tarde demais para se apresentar. Afinal, o que ele diria...?

Alaba Textory 
A Melodia Dos Ecos
Margot Weide

Alaba textory segue aqui compondo em sons e silêncios a melodia dos ecos. Ainda no cenário dos anos sessenta, a história percorre três importantes cidades brasileiras e, embora pincelada pelas sombras da insatisfação política e as cores da geração hippie e suas transformações de conceitos e costumes, concentra-se como no primeiro romance - o sussurro dos sinos - no processo interno de extensão, consciente ou inconsciente, em busca da identidade e do amor. A melodia dos ecos é uma leitura leve e que faz pensar ampliando possibilidades de escolha que independem da idade, que se expressam em pensamentos e atitudes, em diferentes opções de vida ou de morte no decorrer do relutante movimento centrífugo em relação ao passado.


Remy
Real - Livro 03
Katy Evans


O lutador subterrâneo Remington Tate é um mistério, até para ele mesmo. Sua mente é clara e obscura, complexa e esclarecedora. Às vezes suas ações e humor são cuidadosamente calculados, mas em outras eles saem do controle. Em meio a tudo isso, há uma constante: desejar, precisar, amar e proteger Brooke Dumas. Essa é sua história; desde o primeiro momento que ele colocou os olhos nela, ele soube, sem dúvida alguma, que ela seria a coisa mais real que ele já havia lutado.





O Clã Dos Quatro Guerreiros
Série Enoua - Livro 1
Diego Martins Ribeiro

Quatro jovens com aparentemente muito pouco em comum seguem em um antigo carro vermelho-sangue por uma estrada deserta. Nada indica que qualquer tipo de perigo possa estar em seu caminho naquela pacata noite. No entanto, após se depararem com uma esfera de luz e sofrerem um estranho acidente, Gabriel, Henrique, Débora e Beatriz acordam em um lugar desconhecido, onde tudo parece possível. Em meio a personagens e paisagens surreais, como o monte de rochas flutuantes e a perigosa fera da Gruta Sombria, eles encontram pistas de como podem voltar para casa, e se assombram com as coincidências que envolvem sua chegada a Enoua, como se essa já fosse esperada por alguém misterioso. Em uma incrível jornada que os fará conhecer mais sobre si próprios e aqueles que sempre estiveram a sua volta, eles irão descobrir que Enoua não é simplesmente um mundo distante, e que é preciso muito mais do que armas raras, amuletos cheios de segredos e armaduras indestrutíveis para se tornar um verdadeiro Guerreiro.

No Mundo Das Mulheres do Norte
Carmen Coimbra

No século XIX, época em que se vivencia a abolição da escravatura, o ciclo da borracha, o combate entre brancos e índios e a construção das ferrovias Belém-Bragança e Madeira-Mamoré, três mulheres guerreiras resolvem desafiar os costumes e ir em busca de seus sonhos, enquanto habitam a Amazônia. A portuguesa Angelina constrói um ambulatório e atende indiscriminadamente os necessitados da região. A pacífica índia Pequeri casa-se com um adolescente de um clã agressivo e ameniza suas tradições de violência. A africana Morena, treinada para servir sexualmente os patrões, seduz um abolicionista e transforma todo o seu futuro... Em meio às mudanças radicais desse período, e à convivência entre diversificadas culturas, essas mulheres quebram tabus, sincretizam crenças e geram paixões proibidas, contribuindo para a miscigenação e a formação do povo do norte.

Os Doze Guardiões da Luz
Luiz Henrique Batista


Ambientado num mundo de fantasia, "Os Doze Guardiões da Luz" narra as histórias de heróis imortais que encarnam os doze signos do Zodíaco. Séculos após a grande guerra, que expulsou a Escuridão dos reinos do oeste, o povo e os heróis parecem ter se esquecido da ameaça que reside lá fora, além da fronteira das terras da Luz com os países da neblina. Alheios ao alcance dos tentáculos do inimigo, os Guardiões são pegos de surpresa quando a ameaça vem não de fora, mas de dentro do reino, justamente daqueles em quem mais confiavam: eles próprios.


quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Resenha - E. Lockhart - Mentirosos

E. Lockhart - Mentirosos
Editora Seguinte 

Sinopse

Cadence vem de uma família rica, chefiada por um patriarca que possui uma ilha particular no Cabo Cod, onde a família toda passa o verão. Cadence, seus primos Johnny e Mirren e o amigo Gat (os quatro "Mentirosos") são inseparáveis desde os oito anos. Durante o verão de seus quinze anos, porém, Cadence sofre um misterioso acidente. Ela passa os próximos dois anos em um período conturbado, com amnésia, fortes dores de cabeça e muitos analgésicos, tentando juntar as lembranças sobre o que aconteceu.

Resenha

Peguei este livro para ler sem saber direito o que esperar dele, vi muitas resenhas positivas e uma amiga me disse que odiou o livro, então decidi ler para ter minha própria opinião.

Logo que comecei o livro já me identifiquei em alguns momentos com a protagonista, a maneira que ela tem de encarar a dor, evitando falar dela.
"O silêncio é uma camada protetora sobre a dor."
O livo é narrado em primeira pessoa pela Cadence, uma menina de "quase dezoito anos" que sofreu um acidente aos quinze anos, mas não consegue se lembrar de nada do que aconteceu para ocasionar o acidente, e desde então ela tem dores de cabeça muito fortes.
"Às vezes é muito difícil estar viva. Muitas vezes desejo estar morta, de verdade, só para fazer a dor parar."
"Eu fico lá deitada e espero, e me lembro repetidas vezes que a dor não dura para sempre."
Os médicos aconselharam que Cadence se lembrasse sozinha do ocorrido e desde então ninguém quer contar a ela o que realmente aconteceu. E então dois anos após o acidente Cadence retorna a ilha e vai tentar descobrir o que aconteceu no verão de dois anos atrás.
"Meu esquecimento me assustava."
Cadence começa a nos contar sua vida até o verão do acidente, o que ela chama de verão dos quinze, que ocorreu dois anos antes do tempo atual.
"Prefiro mil vezes viver, arriscar e ver tudo acabar mal a permanecer na bolha que estive nos últimos dois anos."
A Família de Cadence, Sinclair, é uma família riquíssima, seu avô teve três filhas mulheres que casaram-se e tiveram seus filhos. Todo os verões a família de reúne em uma ilha da família.  Cadence, Jhonny, Mirrente e Gat formam o grupo que ficou conhecido como Mentirosos de tanto que aprontavam, apenas Gat não era da família, todos eram loiros e ricos, Gat pobre e mulato, sendo sobrinho do novo marido da tia Cadence. Gat foi muito bem recebido pelos meninos, mas não da mesma forma pelo avô de Cadence.
"Há muita pouca coisa que se pode mudar. É preciso aceitar o mundo como ele é.”
Cadence se apaixonou por Gat e às vezes ela acha que ele a ama, às vezes não, pois eles se vêem apenas no verão, fora desse período ele sequer entra em contato com ela, e ainda tem uma pessoa onde mora.
"Se está com muito medo, é provável que exista um bom motivo para isso. Você tem que confiar nos próprios instintos."
A trama também conta a história da Família Sinclair, que parece perfeita olhando de fora, mas tem seus defeitos como todas as outras. O foco da trama é descobrir o que aconteceu com Cadence, e o final para mim foi completamente inesperado. Achei tudo maravilhoso e perfeito e pretendo reler o livro.

Super recomendo a leitura, foi livro muito intenso em tão poucas páginas.

Classificação



terça-feira, 18 de novembro de 2014

Resenha: Ligeiramente Casados - de Mary Balogh

LIGEIRAMENTE CASADOS

Serie: Os Bedwyn - Livro 01
Autora: Mary Balogh
Editora Arqueiro 


SINOPSE

À beira da morte, o capitão Percival Morris fez um último pedido a seu oficial superior: que ele levasse a notícia de seu falecimento a sua irmã e que a protegesse Custe o que custar!. Quando o honrado coronel lorde Aidan Bedwyn chega ao Solar Ringwood para cumprir sua promessa, encontra uma propriedade próspera, administrada por Eve, uma jovem generosa e independente que não quer a proteção de homem nenhum. Porém Aidan descobre que, por causa da morte prematura do irmão, Eve perderá sua fortuna e será despejada, junto com todas as pessoas que dependem dela... a menos que cumpra uma condição deixada no testamento do pai: casar-se antes do primeiro aniversário da morte dele o que acontecerá em quatro dias.

Fiel à sua promessa, o lorde propõe um casamento de conveniência para que a jovem mantenha sua herança. Após a cerimônia, ela poderá voltar para sua vida no campo e ele, para sua carreira militar. Só que o duque de Bewcastle, irmão mais velho do coronel, descobre que Aidan se casou e exige que a nova Bedwyn seja devidamente apresentada à rainha. Então os poucos dias em que ficariam juntos se transformam em semanas, até que eles começam a imaginar como seria não estarem apenas ligeiramente casados...

Neste primeiro livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh nos apresenta à família que conhece o luxo e o poder tão bem quanto a paixão e a ousadia. São três irmãos e três irmãs que, em busca do amor, beiram o escândalo e seduzem a cada página.

RESENHA

A parceira, Editora Arqueiro lançou mais uma vez um romance de época maravilhoso. Ligeiramente casados é o 1º volume da Série Os Bedwins da autora Mary Balogh. A familia Bedwin  fazem parte da elite Londrina. Conhecidos por suas personalidades fortes e que dificilmente se apaixonam, mas quando o fazem é para valer.


"- Não tenho tanta certeza disso - retrucou Aidan. - Não mesmo. Nós, Bedwyns, sempre levamos o casamento muito à sério, Eve. Qualquer pessoa que se case com um de nós precisa estar preparada para ser amada e cuidada pelo resto da vida."

Basicamente a sinopse revela muito de como vida do Coronel Lorde Aidan Bedwyn se cruza com vida de Eve Morris. Pode se dizer que graças ao destino, a determinação em  pagar uma dívida e as circunstâncias de ambos, o resultado acaba em uma união através de um casamento de conveniência. Aidan está motivado em cumprir sua palavra e Eve determinada em garantir sua propriedade, estabilidade financeira e a proteção dos seus amados incapazes.

"- Tive a impressão - comentou Aidan, relutando em mostrar abertamente sua curiosidade - que o Sr. Morris havia deixado Ringwood para a filha.

- Ah, ele deixou - confirmou o proprietário. - Mas o lugar passaria para o Sr. Percival depois de um ano. Agora que ele acabou sendo morto pouco antes desse ano terminar, o Sr. Cecil Morri vai acabar ficando com tudo. Não espero ver Cecil Morris mergulhado em tristeza pela morte do primo."

O severo e frio Duque Bewcastle, irmão mais velho do coronel, exigi que Aidan apresente a esposa para a rainha e a seus conhecidos nobres. Aidan não aceita, porém o duque de Bewcastle faz o que deve ser feito para o bem da imagem da  família. Após uma visitinha do duque de Bewcastle (um homem de surpresas), Eve Morris acaba envolvida em uma sequência de determinações a serem cumpridas por uma Bedwin na sociedade. Quando na verdade ela achava que após o casamento estaria "livre". Mal ela sabia que o seu novo sobrenome iria mudar sua vida.

"- Concordar com um casamento apenas no nome - retrucou ele - Deveríamos ao menos ter feito do nosso um casamento de verdade, mesmo que seguíssemos separados o resto de nossas vidas.
- Teria sido errado. - falou ela por fim.
-Errado? Somos um homem e uma mulher disse ele com severidade - e nos casamos há algumas semanas. Homens e mulheres, principalmente quando casados, costumam ir para a cama juntos."

O livro se passa em 1814 onde os ingleses  venceram os franceses em batalha. Londres está em festa e a alta sociedade é só celebrações. E os Bedwins possuem suas obrigações. Sendo assim, o Duque de Bewcastle aproveita para apresentar a todos a Lady Aidan Bedwin, ninguem menos que Eve, obrigando a Aidan a cumprir seu papel de marido.

"- Ficarei até esta situação ser resolvida - falou - Quando eu deixá-la, quero que esteja a salvo, em segurança e feliz.
- Por causa da promessa que fez a percy?. - perguntou Eve.
- Porque você é minha esposa."

Aproximação com a nova família, Eve acaba conhecendo muito mais do seu marido e de seus encantos também. O jeito determinado e teimoso de Eve, afeta a todos, ganhando a admiração e os sentimentos de Aidan. E aos poucos o que era para ser um casamento de conveniência transformar-se em algo muito maior, no qual ambos não possuem mais o controle de suas ações e sentimentos. 

MINHA IMPRESSÕES

Meu primeiro livro de romance de época, não me decepcionei. A escrita de Mary Balogh é bem gostosa e o desenvolvimento da trama igualmente envolvente.  Tive um enorme prazer em ler este livro. Fiquei ainda mais curiosa para conhecer um pouco mais a família Bedwyn, até porque neste livro temos uma ideia de como será cada personagem e  um pouco de como serão os livros quando estes forem os protagonistas. (Ansiosa para o livro do duque)

Os personagens principais são cativantes, cada um de uma forma. Eu adorei o jeito teimoso-abusada de Eve, é sensacional, porque fica um contraste com o jeito bonzinho e sentimental de ser, em algumas partes do livro me diverti muito com isso. E a apresentação de Eve a rainha é a melhor! Ela mostrou que realmente ela é mocinha diferente.  

Nosso cavalheiro é uma mistura de herói, seriedade e rudez. Sendo também um homem bondoso e honrado. No inicio do livro fiquei meio sem saber o sentia por ele, mas conforme a leitura fluiu, fui me apaixonando. Ele me deixou muitas partes do livro suspirando, sinceramente me peguei pensando "Ai esse Aidan é meio que um bad-boy-fofo de época!" rsrsrsrs... 

Parabéns para Editora Arqueiro pelo capricho na diagramação. A Capa foi o que me chamou a atenção inicialmente, acho LINDAAAAAA demais. Enquanto lia só imaginava a modelo da capa como Eve Morris. 

Não devorei o livro, pois senti uma necessidade de degustar cada parte, cada nova situação, as reviravoltas foram causando uma ansiedade. Com decorrer da leitura percebei que acompanhava o surgimento do amor e vê-lo tomar forma e consistência, foi emocionante. O livro é doce e angustiante, fez meu coração ficar apertadinho em diversas partes.

Então gente eu ri muito, me chateei, me apaixonei, me angustiei, chorei e torci muito pelo romance de Aidan e Eve. Me surpreendi com as atitudes do duque de Bewcastle, prevejo um livro maravilhoso com esse cara como protagonista. 

Este tipo de livro é para ser lido por quem procura um bom romance e que ama suspirar! 
No final não consegui conter as lágrimas, sim, confesso chorei! 



Mal vejo a hora para ler o restante desta série... 
E que venha Ligeiramente Maliciosos!